Lúcifer

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Lúcifer

Mensagem por Lúcifer em Qua Dez 14, 2016 12:37 am

PESSOAL

Nome:Lúcifer
Idade:20
Sexo:Masculino
Altura:1,80
Peso:72
Raça:Humano
Talento:Caçador de tesouros 
Grupo: Andarilho
Rank: -x-
Jewels: 0 J$

Nível:
Experiência: 0/50

STATUS

150 pontos para distribuir entre HP e MP
Health Points (HP): 125HP
Magic Power (MP): 125MP

Velocidade(VEL): 10 m/s 
Visão(VIS): 15 m/s

CAMINHO MÁGICO

Magia primária:White Dragon Slayer
Descrição:Uma magia de dragon slayer que usa especificamente um elemento dito como a luz santa.


Magia secundária: -x-
Descrição: -x-

PET

Nome: -x-
Rank: -x-
Magia: -x-
Descrição: -x-

Status:
HP - N/A
MP - N/A
Velocidade - N/A
Visão - N/A

ARMA

Nome: -x-
Rank: -x-
Magia/Habilidade: -x- 
Descrição: -x-

CARACTERÍSTICAS

Características Físicas:
Spoiler:

Características Psicológicas:Calmo,animado e esconde os sentimentos.

História:Lúcifer nasceu em uma noite de ano novo e praticamente cresceu sozinho a partir daquele momento, afinal seu nascimento não foi algo bom para seu pai e sim algo que amaldiçoou-o sua família afinal naquela noite ele não sabia que após o relâmpago cruzar o céu e um gemido de dor de uma mulher ele sairia para esse mundo com a culpa da morte de sua mãe, ele não esperava que isso acontecesse afinal não sabia que nada disso aconteceria, era apenas um garoto que estava para pisar do mundo e não deveria receber toda dor que recebeu em sua vida, afinal em seu nascimento recebeu um nome que nunca deveria ter recebido, um nome de um demônio que hoje ele utiliza com honra.


Apesar de ter sido praticamente amaldiçoado logo no inicio de sua vida, abandonado por seu pai que decidiu cometer suicídio logo após o garoto nascer e sua esposa morrer, o menino cresceu bem graças a uma idosa que ele considerou sua mãe por muito tempo, ele considerou aquela senhora que já estava praticamente acabada, o mundo que ele poderia ter para sempre com ele, alguém que ele levasse até o final da vida dele, afinal com aquela senhora ao lado dele ele parecia estar feliz até que tudo podia mudar, aquela senhora poderia ser apenas mais uma pessoa e alguém poderia se tornar o ser mais especial do garoto.


Um pouco mais crescido ele ainda vivia dentro daquele simples vilarejo, havia algumas pessoas idosas e duas crianças contando com ele, tudo estava dando certo, as crianças cuidavam dos idosos e cada vez estavam ficando mais velhos assim criando conhecimento sobre o mundo baseado pela histórias daquele senhores e principalmente da velha que considerava sua mãe afinal aquela foi uma grande maga no mundo, uma maga que um dia já matou muita gente mas ainda não havia sido o momento de descoberta ele apenas estava no começo da história da criação da guilda daquela mulher que um dia se tornaria a pessoa que mais menosprezaria no mundo, não por matar tantas pessoas mas sim por mentir por tanto tempo para o garoto que nunca guardou um segredo dela.


Bem continuando a pouca infância que restava do garoto há algo que deixamos escapar, a época que a senhora deixou de ser tão importante para ele, a época que Lúcifer quase perdeu suas emoções e a época em que ele mais teve, bem para descrever isso bem devemos lembrar da primeira noite em que ele esteve com aquela garota, os dois estavam em cima do telhado da casa da senhora conversando sobre explorar o mundo e largar aquele vilarejo, seria o momento em que ele se tornaria um mago e poderia ajudar as pessoas como a velha se descrevia para ele, uma maga que nunca cometeu um crime e gostava de ver os sorrisos no rosto das pessoas, o garoto como inocente havia falado para a menina que o acompanhava que o sorriso dela era algo importante para ele ver, mal ele sabia que algum tempo depois criaria sentimentos por alguém que nunca deveria ter conversado, afinal todos eles estariam mortos no final dessa história, são lembranças que o machuca até hoje. A mulher de sua vida sendo morta na sua frente por a mulher que se dizia sua mãe, até hoje ele lembra da cena em que chegou com a lenha nas mãos e encontrou a velha com uma espada em mãos encostando no peito da garota, a velha tinha um sorriso e dizia em voz alta como se estivesse esperando que o garoto demorasse para chegar em casa, ela falava sobre o garoto prometido estar quase pronto para trazer a morte, falava sobre todos que já tinha matado e que o sorriso que sempre via no rostos da pessoa eram apenas cicatrizes deixadas pela marca da espada que ela carregava, algo como se falasse que ela havia matado todas aquelas pessoas.


Para descrever bem a dor do garoto devemos citar o momento que ele abriu a porta e viu a garota que ele amava ajoelhada no chão enquanto sua mãe a matava sem nenhum sentimento mostrado por ela, o assunto que elas conversavam era praticamente ignorado pelo garoto que deixava as madeiras que estavam em sua mão caírem e seu corpo todo começavam a estremecer o derrubando de joelhos no chão, seu rosto era preenchido por lágrimas que caiam a todos momentos, seu punho se fechava e seu olhar mudava, a senhora que tanto amava já não tinha mais espaço no coração do garoto que parecia estar com o olhar frio como se estivesse morrido, o olhar já não tinha mais emoção algum. Na verdade o garoto estava morto naquele momento só que não foi uma morte de Adeus e sim uma nova vida feita para ele, afinal nesse momento começa a história de como ele aprendeu a sua magia e desistiu de todos outros humanos assim nunca mostrando confiança para ninguém e tudo isso começou a partir de uma fuga quase mal feita afinal suas pernas não o respondiam de tanto que tremiam não apenas de tristeza mas sim de medo pelo olhar que a velha tinha.


Depois que fugiu do vilarejo que estava aquela senhora, talvez ela poderia ter matado todo mundo que ajudou o garoto a fugir mas ele parecia não se importar, estava apoiado em uma árvore chorando e socando o chão diversas vezes até sua mão começar a sangrar, em pouco tempo ele percebia que não tinha para onde ir, não tinha comida e não sabia sequer sobreviver no mundo sozinho afinal sempre esteve preso naquele mundo em que a senhora tinha criado para ele, o mundo em que ela tanto prometia tinha sido quebrado e o garoto estava sozinho novamente como se tivesse nascendo de novo, afinal todos estavam mortos para ele, mas algo estava a mudar e isso seria sua sorte, ao dormir encostado na árvore depois de se cansar de tanto socar o chão, ele acordava encostado em alguma coisa e aquecido como se alguém tivesse o ajudado, abrindo seus olhos com uma certa dificuldade incomodado pelo sol que havia em seu rosto, após abrir ele conseguia enxergar a pessoa que lhe ajudou, a pessoa não, a criatura afinal o que tinha lhe salvado era um grande dragão de coloração branca e desde daquele dia era a única pessoa que poderia considerar família.


Bem mesmo o dragão tanto explicando o motivo de estar naquele local com o garoto, parecia que o garoto não queria acreditar de forma alguma que ainda existia algum dragão vivo no mundo, preferia morrer a ser criado por um dragão afinal ele achava que o dragão não sabia nada sobre os humanos. Foi provado ao contrário afinal o dragão não apenas sabia sobre os humanos como sabia que o garoto tinha passado por algumas dificuldades na vida e que estava sozinho se não, não estaria dormindo encostado num tronco de árvore, algum dias foram se passando e a relação dos dois foi melhorando, o garoto que já sabia pescar parecia sempre levar bastante peixes para o dragão comer mesmo a criatura tendo a possibilidade de conseguir tudo aquilo sozinho, no desespero de se apoiar em alguém o jovem parecia ter arranjado um laço de família novamente, algo que havia prometido naquela noite nunca ter de novo, mas dessa vez sempre estava com o pé para trás afinal tinha prometido para ele mesmo que todos sempre o abandonariam mas o garoto tinha aprendido algo com aquela senhora, sempre seja esperto e foi isso que ele se tornou, alguém que sempre poderia se aproveitar de alguém de uma certa forma e a partir de agora começamos a história de como o garoto se tornou um caçador de dragão e um talvez um grande mago no futuro mas com um objetivo diferente dessa vez, não por sorrisos no rosto mas trazer proteção e alguém que eles pudessem se apoiar.


O garoto em alguns dias parecia estar desenvolvendo não apenas um poder mágico que talvez o ajudaria mais pra frente, mas estava desenvolvendo modos e charme afinal o dragão parecia ter de alguma forma uma personalidade humana e explicava tudo para o garoto como viver naquele mundo em que passaria algum sufoco depois que o dragão fosse embora, afinal as pessoas entrariam em guerras, as pessoas tentariam mata-lo só por diversão e até mesmo um dia o garoto poderia criar interesses por poder, algo que o garoto se recusava a acreditar dizendo que o coração dele seria bom até o final, bem é uma história curta sobre a relação em que teve com a única pessoa que chama de família até hoje mas é um sentimento que levará até o fim de sua vida, afinal sempre foi isso que desejou e mesmo com esforços sempre se dedicou a entregar seu máximo mesmo que demorou dez anos para conseguir lançar o primeiro rugido transparente de sua boca dizendo que era um rugido do dragão o garoto estava feliz por ter conseguido deixar o dragão feliz pelo menos uma vez na vida e as ultimas palavras que tinha ouvido daquela grande criatura foram simplesmente algo que fez Lúcifer continuar todos esses dias da sua vida. "Tente até o final que você vai conseguir meu filho, eu acredito

RESIDÊNCIAS

Local: -x-
Terreno: -x-
Descrição: -x-

Inventário geral:
-x-
avatar
Lúcifer
Novato

Mensagens : 1
Data de inscrição : 12/12/2016

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Lúcifer

Mensagem por Mugen' em Qua Dez 14, 2016 3:15 am

Embora há alguns trechos onde se perde na concordância, o esforço é reconhecido. Poste no registro;

App;
avatar
Mugen'
Novato

Mensagens : 42
Data de inscrição : 23/11/2016

Ficha do personagem
Nível: 01
Magia:

Ver perfil do usuário http://fairytaildecade.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum